Cidade Estado

Rápidas Sacadas

segunda-feira, 10 de outubro de 2016


RÁPIDAS SACADAS
 
5 ANOS SEM JOBS

 
Já faz 5 anos, mas parece que foi ontem! Em 5 de outubro de 2011, Steve Paul nos deixava.
 
Tenho poucos ídolos, mas Jobs certamente é um deles. Afinal, como não idolatrar alguém que fez o que ele fez, que criou o que ele criou e que foi quem ele foi?
 
Jobs é um daqueles caras que será lembrado por gerações e mais gerações. O legado que ele deixou vai muito além da construção de riqueza ou da inovação tecnológica de uma marca chamada Apple. Seu principal legado foram os inúmeros ensinamentos que ele nos deixou ao longo de todo esse tempo. E isso não será esquecido jamais!
 
"Seu tempo é limitado, então não o desperdice vivendo a vida de outra pessoa... não deixe o ruído das opiniões alheias abafar sua voz interior. E, mais importante, tenha coragem de seguir seu coração e sua intuição. Eles já sabem, de alguma forma, o que você realmente quer se tornar." 
 
Steve Jobs
 
DIA DO EMPREENDEDOR
 
Por uma dessas coincidências da vida, dia 5 de outubro é também o Dia do Empreendedor.
 
Parabéns para os milhões de brasileiros que dedicam suas vidas ao empreendedorismo. Sim, porque empreender é exatamente isso: uma vocação, um estilo de vida.
 
Um empreendedor é alguém que busca, de alguma maneira, mudar o mundo e trabalha em prol desse objetivo, por mais que todos à sua volta digam que ele está "perdendo tempo" ou "jogando dinheiro fora".
 
Um empreendedor é alguém que nunca aceita as coisas como elas são e trabalha para que as coisas sejam do jeito que ele acredita que deveriam ser. 
 
Um empreendedor é... muitas coisas e talvez a principal delas seja: um apaixonado pelo que faz.
 
Parabéns a você que, assim como eu, tem paixão por empreender!
 
DIA DO NORDESTINO
 
Por falar em comemoração, dia 8 de outubro, comemorou-se o Dia do Nordestino. Um dia que, assim como o do empreendedor, merece todas as honrarias.
 
Eu poderia citar centenas de nordestinos ilustres e que envaidecem nosso povo pelo simples fato de terem nascido aqui, mas prefiro lembrar dos milhões de nordestinos anônimos que trabalham como garçons em São Paulo, como motoristas em Goiás, como engenheiros em BH, como médicos, advogados, professores e empresários por esse mundo a fora.
 
Parabéns a todos nós que fazemos do Brasil esse grande Nordeste.
 
POR FALAR EM COMEMORAÇÃO
 
Além da mais do que merecida comemoração em referência ao povo nordestino, dia 8 de outubro também foi motivo de outra comemoração muito especial: o casamento da minha queridíssima cliente Natacha e do Lucas.
 
Tenho o privilégio de assessorar a Natacha, a Bêda – irmã – e a Dona Jeanne – mãe- na Use Acessórios, uma empresa que virou referência no Brasil quando o assunto é semi-jóias.
 
O casamento foi fantástico! A começar pelo local – Lagoa do Colosso - , passando pela comida, bebida...enfim, foi tudo excelente! Ok, ok, a banda poderia ter tocado um forrozim, mas já que o casal não gosta, paciência.
 
Mas a tirar pela animação dos convidados, o forró não fez muita falta.
 
Quem me conhece sabe que eu não bebo, mas mesmo que bebesse, certamente evitaria beber ou, no máximo, beberia socialmente nesse tipo de ocasião. Falo isso, não por se tratar do casamento de uma cliente, o que certamente requer um cuidado redobrado com a postura, mas simplesmente por se tratar de um evento social.
 
Não importa se você gosta ou não, se concorda ou discorda, fato é: as pessoas não conseguem separar sua postura enquanto pessoa da sua postura profissional. Ou seja, se um cliente ou um parceiro de negócios ver você "se passando" em algum lugar... qualquer lugar, sua imagem profissional será fortemente afetada.
 
Lembre-se disso da próxima vez que pensar em tomar em algum evento desses!
  
POR FALAR EM CLIENTE
 
Essa semana fiz algo que não costumo fazer: pedir um favor a uma cliente. Atendo uma advogada de Recife competentíssima, a Dra. Juliana Régis, ou, como eu gosto de chamar: Juh.
 
Irei ajuizar uma causa no Juizado Especial contra o Booking.com – já comentei anteriormente aqui – e estava com umas dúvidas quanto à petição.
 
A Juh foi um amor de pessoa e demonstrou que, além de ser uma profissional fora de série, é um ser humano de um coração enorme e sempre disposta a ajudar ao próximo.
 
Obrigado, Juh!
 
COMPETÊNCIA NÃO É TUDO
 
No último domingo, o Fortaleza Esporte Clube, decepcionou mais uma vez. Após 7 anos na Série C, o clube mais uma vez não conseguiu obter êxito em subir para a Série B do Brasileirão.
 
Nem os 63.903 torcedores presentes no Castelão foram suficientes para fazer a equipe vencer ao Juventude-RS.
 
Não sou torcedor do Fortaleza! Na verdade, torço para o Ceará, mas diferente da maioria dos torcedores que, cegos pela paixão clubística, torcem ferrenhamente para o fracasso do rival, eu não.
 
Meu lado racional me faz querer um concorrente forte por saber que isso tende a fortalecer a minha equipe. Felizmente ou infelizmente, o futebol não é racional.
 
Voltando ao que houve com a equipe do Fortaleza, todo ano a história é a mesma – ou quase isso - : a equipe se classifica em primeiro lugar, avança no mata-mata, até chegar a partida decisiva...
 
Nos últimos anos, o Fortaleza sempre foi eliminado dentro de casa, mesmo sendo superior tecnicamente à maioria dos seus adversários, precisando de resultados simples e com uma imensa torcida ao seu favor. O que isso nos revela?
 
Capacidade técnica é importante, mas ainda mais importante é ter inteligência emocional para fazer uso dessa competência, caso contrário, de nada terá servido. O Fortaleza que o diga!