Cidade Estado

Rápidas Sacadas: Quebre as Regras, Exame, XP, Spoleto, Phelps, Rafaela...

terça-feira, 16 de agosto de 2016


#02

RÁPIDAS SACADAS

por Samuel Magalhães
MUITO OBRIGADO!

O feedback que recebi sobre esse novo formato da coluna foi o melhor possível!

“Meus parabéns, a ideia foi ótima! Muito criativo e supernatural! Me senti como se estivesse lendo ao mesmo tempo jornal, coluna social, notícias sobre finanças e tendo um resumo completo das principais notícias da semana, tudo em um só lugar.” Hermmann Lima

As palavras do Hermmann e de vários de vocês me deixaram muito feliz! Bom saber que gostaram. Afinal, a coluna é escrita para vocês.

NÃO DÁ PARA AGRADAR TODO MUNDO

Como nem tudo são flores, sempre tem aqueles que não gostam. Algumas pessoas – amigos e clientes, inclusive-  disseram-me que preferiam o formato antigo. Paciência, não dá para agradar a todo mundo.

POR FALAR EM AGRADAR...

Ao que parece, o fato de termos falado tanto de Olimpíada não agradou muita gente. Só lamento, pois hoje falaremos mais um pouco dela.

Essa não é uma coluna sobre esportes, mas sim sobre negócios. Por que falar de esporte, então? As razões são inúmeras, mas o motivo principal é que, na minha visão, nada espelha mais o mundo corporativo do que o esporte.

Superação, foco, determinação, trabalho de equipe, resiliência... tudo que é necessário para se fazer uma equipe campeã nas Olimpíadas, também o é no mundo empresarial.

A maior prova disso é que o técnico da seleção masculina de vôlei, Bernardinho, é um dos palestrantes mais requisitados do mundo corporativo, com um cachê que pode chegar a R$50 mil. Nada mal, hein?

POR FALAR EM PALESTRANTE...

Essa semana, meu amigo Guilherme Machado, mais conhecido como “o quebra regras”, uma das maiores referências no mercado imobiliário brasileiro e o maior palestrante do segmento, esteve em Fortaleza ministrando um treinamento para as imobiliárias parceiras da construtora Moura Doubex.

Na terça saímos para jantar no Coco Bambu – um case de sucesso sobre o qual falaremos futuramente -  e na quarta tive a oportunidade de participar do TAV – Técnicas Avançadas em Vendas – ministrado por ele e algumas coisas chamaram minha atenção.

O QUE CHAMOU MINHA ATENÇÃO

Primeiro: o treinamento e o desempenho do Guilherme no palco. Aprendi muito, o cara é fora de série! O treinamento dele não é barato, mas vá por mim: vale cada centavo. Infelizmente, para muitos empresários, treinar sua força de trabalho está mais associada a custo do que a investimento. Não é a toa que tem tanta gente fechando as portas por aí...

Segundo: o despreparo de boa parte dos profissionais do mercado imobiliário. Era notória a falta de conhecimento, de foco e de vontade de boa parte desses profissionais.

E sabe o que é pior, segundo a representante da construtora, eles só convidaram os melhores corretores para o treinamento. Imagina como são os piores...

A LIÇÃO PRINCIPAL

Para quem é bom no que faz e se dedica a ser melhor a cada dia, o sucesso é uma questão de tempo.

O ERRO MAIS COMUM

O erro mais comum que pude ver nos corretores presentes e que a maioria dos vendedores de outros segmentos também comete é focar no produto e esquecer do cliente.

Comece a focar no cliente que suas vendas irão aumentar drasticamente. Nunca se esqueça: vender é criar relacionamento. Vende mais quem se relaciona melhor!

POR FALAR EM MELHOR

Eu havia assinado a revista Época Negócios alguns meses atrás. Tinha encontrado uma promoção boa e resolvi aproveitar. Um mês depois, cancelei. O motivo? A revista estava muito ruim.

Resumo da ópera: cancelei a Época Negócios e fiz uma assinatura da Exame. Estou pagando mais é bem verdade, mas, assim como o treinamento do Guilherme, vale cada centavo.

Não me entenda mal, não estou dizendo para você comprar a Exame, muito menos para você cancelar sua assinatura da Época. Só estou dizendo que EU prefiro mil vezes aquela à essa.

Por via das dúvidas, antes de assinar qualquer uma, não custa nada comprar um exemplar avulso de cada. Assim você descobrirá a que mais te agrada.

POR FALAR EM EXAME

O último exemplar da revista trás uma reportagem bem interessante sobre a XP Investimentos, a maior corretora independente do Brasil. Se você tem curiosidade de conhecer melhor o mercado financeiro, vale a pena!

A propósito, a XP é a minha corretora. Assim como o treinamento do Guilherme e a assinatura da Exame, está longe de ser a mais barata, mas vale o preço.

PREÇO X VALOR

O que a XP, a Exame e o Guilherme nos ensinam? Quando você tem um produto ou serviço de valor, o preço torna-se secundário na decisão de compra. Como diria o mega investidor Warren Buffett: “Preço é o que você paga. Valor é o que você leva.”

O que os seus clientes estão levando para casa? Pense nisso antes de dar desconto. Derrubar preço é fácil, por isso todo mundo faz. Já agregar valor...

POR FALAR EM AGREGAR VALOR

Estava eu batendo perna pelo shopping Iguatemi quando, de repente, deparo-me com um grande stand da rede de franquias Spoleto. Lá, crianças e adolescentes tinham aula sobre alimentos e aprendiam a cozinhar – massas, claro!

Uma excelente maneira de agregar valor à marca. Além de cativar o público jovem – que geralmente opta por opções como McDonalds – a estratégia ganha ainda a simpatia dos pais. Afinal, quem nunca ouviu falar que a melhor maneira de conquistar os pais é conquistando os filhos?

POR FALAR EM PAIS

Parabéns a esses seres tão especiais e valiosos em nossas vidas, nossos pais! Uma trajetória de sucesso precisa dos valores familiares para alicerçar seu crescimento, caso contrário, no primeiro revés, tudo vai por água abaixo.

POR FALAR EM ÁGUA

Michael Phelps mostrou mais uma vez para o mundo o que acontece quando o talento encontra a preparação. Após 5 ouros e uma prata no Rio, o americano totaliza nada menos do que 28 medalhas olímpicas, sendo 23 de ouro, 3 de prata e 2 de bronze... números para ninguém botar defeito.

POR FALAR EM NÚMEROS

O americano deverá desembolsar cerca de R$55 mil em imposto por medalhas conquistadas no Rio.

Cada atleta olímpico americano recebe um prêmio de U$S25 mil por medalha de ouro, U$S15 mil pela prata e U$S10 mil pelo bronze. No caso de Phelps, totalizando U$S140 mil.

Como Phelps está na faixa tributária superior – 39,5% de imposto –, o americano terá que desembolsar R$54,9 mil reais para se acertar com o fisco americano.

VOLTANDO A FALAR DE VALOR

Para quem acha os 27,5% daqui elevados, 39,5% podem parecer um completo absurdo. Mas vale lembrar de um pequeno detalhe que faz toda a diferença: os serviços que o governo americano proporcionam para sua população são de qualidade infinitamente superior ao que vemos por aqui.

Sem falar que nos Estados Unidos, os tributos incidem muito mais sobre a renda da população do que sobre a comercialização de bens e serviços.

Nesse caso, os 27,5% são extremamente caros, já os 39,5% são baratos. Prometo que é a última vez que falo sobre isso nesta postagem: caro e barato são percepção de valor e não conceitos absolutos. Lembre-se disso ao definir sua precificação e a estratégia do seu negócio.  

FINALIZANDO O MOMENTO OLÍMPICO

O desempenho do Brasil nos jogos, até o presente momento, é pífio! Salvo os Dyegos Hypólitos e Rafaelas Silvas da vida, no mais, não temos muito o que comemorar.

Dyego e Rafaela demonstraram que, além de grandes atletas são pessoas formidáveis e de uma força de vontade incomum. Como eu costumo falar: resultados extraordinários acontecem quando pessoas comuns possuem uma força de vontade fora do comum. Os dois são exemplos disso!

Por falar em Rafaela, após ser humilhada pela eliminação em Londres, sendo considerada “uma vergonha” e ter sofrido racismo, a atleta conseguiu dar a volta por cima e tornar-se a primeira brasileira a conquistar o ouro no judô.

Segundo Rafaela, o trabalho de coaching que vem desenvolvendo após a eliminação de Londres foi fundamental para a conquista do ouro.

Como diria um velho provérbio africano: “Se quiser ir rápido, vá sozinho. Se quiser ir longe, vá acompanhado.” Vejo isso de perto com os empresários e profissionais liberais que atendo no coaching.

Pedir ajuda não é sinal de fraqueza, mas sim de humildade e inteligência. Afinal, você prefere chegar rápido ou chegar longe? A escolha é sua!

QUER SEGUIR OS PASSOS DA RAFA?

Se o coaching ajudou a Rafa, também pode te ajudar! Se você deseja seguir os passos da nossa campeã olímpica e busca o auxílio de um profissional para alavancar seus resultados, entra em contato comigo. Estou aqui para te ajudar!

Envie um e-mail para contato@samuelmagalhaes.com.br e me diga: Que resultados você deseja alavancar profissionalmente?

Eu respondo PESSOALMENTE a todos os e-mails. Prometo responder o seu mais rápido possível. Como recebo muitos e-mails, nem sempre posso responder de imediato. Se eu demorar um pouco, peço a sua compreensão.

Caso tenha alguma dúvida, elogio ou crítica, pode enviar para o mesmo e-mail: contato@samuelmagalhaes.com.br.

Sua opinião é sempre muito bem-vinda!

Gostou da coluna? Compartilhe com seus familiares, amigos e colegas de trabalho!

Não me segue ainda no instagram? Segue lá: @oinvestidor. Aproveita e me manda uma mensagem. É sempre bom conversar pessoas que estão em busca de se desenvolver, assim como eu estou.

A gente se vê na próxima semana.

Abraço!

Fui...


 
Samuel Magalhães
Coach de Finanças e Negócios

invistafacil.com
contato@samuelmagalhaes.com.br







This email was sent to muitomaisaqui.vagassp@blogger.com
why did I get this?    unsubscribe from this list    update subscription preferences
Invista Fácil · Rua Leda Porto Freire 101 - Cidade dos Funcionários · Fortaleza, Ce 60192-010 · Brazil

Email Marketing Powered by MailChimp